Quantas vezes você já tentou organizar o orçamento, começou a anotar todos os gastos, mas acabou se atrapalhando e desistiu? Equilibrar a vida financeira com eficiência é fundamental, mas exige um método objetivo e fácil de colocar em prática. Ter as finanças em ordem é ainda mais importante no difícil cenário econômico que o País enfrenta, de inflação alta e desemprego crescente.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o desemprego atingiu 10,9% no primeiro trimestre, e o índice de inflação oficial do País, o IPCA, voltou a acelerar em abril, subindo para 0,61%, em comparação a 0,43% em março. Segundo o Boletim Focus, do Banco Central, o IPCA deve alcançar 7,04% em 2016.

Uma das formas de manter o orçamento em ordem é aplicando a regra dos 50/30/20, que sugere a separação dos gastos em três categorias. O método é simples e prático. Você deve destinar 50% do seu salário líquido para despesas essenciais, que são aquelas que mantêm o seu padrão de vida e estão relacionadas à alimentação, transporte, moradia etc. Cerca de 30% do salário você pode usar em gastos com supérfluos, como lazer, compras, presentes e viagens. Os 20% restantes você deve poupar, seja para criar uma reserva para emergências, afinal, ninguém está livre de imprevistos, ou para garantir um bom futuro.

Para isso, é importante conhecer diferentes tipos de investimento e escolher um que esteja de acordo com o seu perfil e os seus objetivos. Se você estiver endividada, o ideal é usar esses 20% para quitar as dívidas. Quando estiver no azul, você começa a guardar dinheiro todo mês e investir.

Um dos pontos positivos do método 50/30/20 é que ele permite flexibilidade. Com organização, você não precisa se privar do prazer proporcionado por itens supérfluos e consegue se preparar com tranquilidade para ter boas condições financeiras no futuro.

Se você quer aprender mais sobre este método, o ideal é fazer o curso “Vida Financeira Equilibrada”, com a Carolina Ruhman Sandler, fundadora do site Finanças Femininas e coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). Além do método 50/30/20, o curso ensina como cortar gastos sem sofrer e explica como ter metas ajuda a adquirir mais disciplina quando o assunto é finanças. A partir daí, é só colocar a mão na massa.

Seu bolso agradece!

 

FONTE: http://www.portaleducacao.com.br/contabilidade/artigos/72766/a-formula-para-equilibrar-sua-vida-financeira

A fórmula para equilibrar sua vida financeira